UM CORPO NAS ALTURAS COM A BARRA NO CHÃO

Trata-se de uma tendência que anda seduzindo cada vez mais estrelas e cujos benefícios são valorizados: é a barra no chão! Ela é um complemento excelente associado à outra disciplina de dança e permite conscientizar-se de seu corpo, oferecendo-lhe um trabalho completo que respeita as articulações: reforço muscular em profundidade, melhor postura, destreza. Aviso para todas as dançarinas desejando superar-se para progredir melhor!

 

Vocês todas estão sonhando em ter uma linha esbelta e esguia, uma cabeça com porte real e uma postura com zero defeito, dignos das maiores dançarinas de ópera? Aviso para todas as dançarinas, iniciantes ou apaixonadas de longa data: a barra no chão está chegando! Para estar bem consigo mesma e praticar a dança no máximo de sua forma, siga essa grande tendência atual que está seduzindo cada vez mais estrelas. Reforce sua musculatura numa aula de stretching de última moda!

 

Pratique como as bailarinas

Foi baseando sua inspiração em movimentos de alongamento das bailarinas clássicas que vários profissionais se inspiraram para criar esse método. Os bailarinos o utilizam diariamente para preparar seus músculos e articulações antes de entrar na parte coreográfica. Trata-se de uma fase de alongamento indispensável. A barra no chão é um complemento excelente associado à outra disciplina de dança, ela permite tomar consciência de seu corpo e oferecer-lhe um trabalho completo, respeitando as articulações. É uma disciplina que permite um trabalho de reforço muscular em profundidade. Com a barra no chão, todas as partes do corpo são trabalhadas: costas, abdominais, pernas.

 

Colocar a barra ainda mais alta

Na prática, ela retoma os alongamentos realizados na barra em pé e apoiada, para transferi-los não solo. Em contato direto com o solo, as bailarinas exercitam-se com alongamentos e trabalham sua destreza, em frente a um grande espelho, contando somente com seu equilíbrio.

 

Ao mesmo tempo suaves e dinâmicos, os exercícios de barra no chão têm inúmeras virtudes. Como bailarina, você só tem a ganhar: você aprende a corrigir alguns defeitos de colocações, a adquirir destreza com suavidade, melhorar sua postura, encontrar uma postura agradável, conquistar graça e delicadeza. Ao seguir regularmente as aulas de barra no chão, os resultados aparecem logo: seus músculos alongam-se e definem-se, encorajados pela alternância de pontas e pés flexionados, os glúteos e quadris diminuem, a cintura afina-se e a barriga achata-se. A parte superior do corpo fica ereta, os braços ficam fortalecidos e o pescoço enrijece-se.

 

Outro elemento que não deve ser negligenciado: uma hora de barra no solo é suficiente para queimar 300 calorias; é para ficar feliz e dizer adeus aos pneuzinhos. Não há perda de peso, são os centímetros que voam! Pois aqui, ganhamos músculos à moda dos dançarinos clássicos, estirando as pontas dos pés, as mãos, a cabeça: todos os exercícios são realizados nos eixos naturais do corpo, nada é feito na base da força. Os músculos desenvolvem-se no comprimento e não na espessura: sua silhueta alonga-se!

 

O que há de mais motivador para progredir na dança e esculpir um perfil de ratinhos da ópera! Excelente para as costas, pois ela relaxa a coluna lombar, a barra no chão permite que você adquira destreza, tonifique seu corpo, afine-se graças aos alongamentos milagrosos. Ofereça-se um jeito de andar gracioso, aquele que é normalmente adquirido com a dança clássica. Relaxe seu corpo e entre na dança com a aparência alegre, equipada dos pés a cabeça para expressar o movimento com perfeição. Eis que você está divinamente instalada para brilhar na sua disciplina.

 

Para quem?

Essencial para as bailarinas de todos os estilos, flexíveis ou rígidas, quer você tenha 20 anos de idade ou 50 anos: cada uma encontrará seus benefícios sem ter feito dança clássica no passado e progredirá ao seu ritmo. As aulas são para todas, bailarinas amadoras ou profissionais, e são acessíveis para a maioria. Elas estão divididas por níveis. Dedicando-se regularmente, duas vezes por semana, os resultados podem ser observados rapidamente, após dois meses de trabalho.

 

Na prática

A aula refere-se a diversos grupos musculares, de modo progressivo, dos pés à cabeça: tensões, contrações, extensões, rotações. Iniciamos por uma série de pequenos exercícios para alongar-se: rotações de cabeça, ports de bras, movimentos de braços enrolados, costas alongadas, costas curvadas, o corpo é alongado em profundidade. Sentadas no solo, com a coluna bem ereta, o abdômen contraído, a bacia direcionada para frente para não arquear, os ombros abertos, nos exercitamos com os “retirés”, com música, trabalhando as partes inferiores das pernas.

 

Deitadas de costas e de lado e finalmente de bruços, sempre com a faixa abdominal protegida, damos continuidade com séries de pequenos batimentos, grandes batimentos, ronds de jambes, enveloppés, développés para conquistar destreza e rapidez de execução. A aula segue com exercícios de alongamentos de vários tipos onde as aberturas são trabalhadas… sem esquecer-se de respirar profundamente!

 

Com o rosto concentrado e contraído pelo esforço solicitado pelos diversos exercícios, cada uma aprende a conscientizar-se de seu corpo, corrigir sua postura e trabalhar para adquirir destreza. Às vezes, as bailarinas saem das aulas cansadas, mas muito relaxadas em seguida! Essa doce sensação de alongar seu corpo em profundidade e superar-se para progredir melhor, lhe convencerá rapidamente! Em uma palavra, você não conseguirá mais desvencilhar-se das aulas!

 

Onde praticar?

A maioria das escolas de dança oferecem aulas de barra no chão.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
FITNESS
conseils-comment-affiner-sa-silhouette

Que atividade física escolher para perder peso? Siga os conselhos Domyos para melhorar a sua silhueta.

(1)
FITNESS

Para delinear suas pernas, nada melhor do que a prática de uma atividade física. Entretanto, alguns truques no dia a dia podem auxiliá-la a alcançar esse objetivo com o qual todas as mulheres sonham…

(1)
VOLTAR PARA O TOPO