QUE ESPORTE DE COMBATE ESCOLHER PARA MEU/MINHA FILHO(A)?

(2)

Teddy Riner, Lucie Décosse, Anne-Caroline Graffe… os esportes de combate têm seus ícones também. Personagens emblemáticas que impressionam as crianças desde cedo. E, felizmente, essas práticas esportivas são acessíveis desde os 5 anos de idade! Descubra os grandes princípios destes esportes que aliam força e espírito.

 

Todos no tatame!

Os esportes de combate são aconselhados às crianças que têm energia de sobra. Elas liberam suas tensões e graças às regras de conduta, que codificam essas práticas, elas aprendem a canalizar sua energia.

Eles estão disponíveis para as crianças desde os 5-6 anos de idade. Acessíveis tanto para os meninos como para as meninas, a partir do momento em que surgir a alma de combatente.

 

Visão geral dos esportes de combate

O judô, o mais físico.

O judô é um esporte bastante físico: em uma sessão, as crianças gastam bastante energia. Além do mais: tendo em vista que o objetivo é controlar o peso de seus adversários, as crianças solicitam e desenvolvem a totalidade de seus músculos.

Esse esporte é igualmente um treino psicológico. Ele permite um relaxamento do corpo e do espírito. Aliás, “judô” significa “via do relaxamento”.

 

O karatê, para a concentração.

Como o judô, o karatê solicita o conjunto dos músculos do corpo. Além do mais, ele exige um bom equilíbrio, resistência e uma certa coordenação para executar os movimentos.

Entretanto, cuidado: para evitar qualquer incidente, o capacete e o protetor de dentes são obrigatórios para essa prática.

 

Vistam seus quimonos!

Para cada esporte de combate, uma vestimenta adaptada.

Aliás, é o que faz parte do jogo e o que agrada às crianças: poder vestir e equipar-se antes de cada treino.

O elemento de base, tanto para as crianças como para os adultos, é o quimono. Pode-se sentir-se como um profissional, mesmo aos 5 anos de idade! 

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
VOLTAR PARA O TOPO